Exorta Parlamento cubano a participação massiva em eleições

Havana, 4 sep (Prensa Latina) O presidente do Parlamento cubano, Esteban Lazo, chamou hoje aos seus concidadãos a participar em massa e responsavelmente nas eleições gerais, cuja primeira etapa eleger-se-á aos integrantes das Assembleias Municipais desse órgão.

Através duma mensagem publicada pelo jornal Granma, a poucas horas do começo desse processo, o titular do Legislativo destacou o significado do ato cívico que permitirá escolher aos mais capazes, comprometidos e sensibilizados com os problemas da sua comunidade, e consolidar o exercício da democracia socialista na ilha.

Somos dos poucos cidadãos do mundo que em reuniões públicas propomos e nominamos, aberta e diretamente, aos candidatos a delegados de circunscrição, numa manifestação de profunda democracia e de enorme responsabilidade, expressou Lazo na comunicação.

Mesmo assim, apuntou que quem resultem eleitos no processo integrarão as assembleias municipais, onde se tomam importantes decisões sobre a vida dos habitantes do território, como a aprovação e controle dos planos económicos-sociais e do orçamento local, entre outras.

Recordou que de acordo com a Constituição cubana, os delegados de circunscrição integram o 50 por cento da Assembleia Provincial e Nacional, e são cantera para os mais altos cargos nessas instâncias.

Os que vamos a eleger agora têm como missão propiciar a participação dos seus concidadãos nos processos de direção da sociedade, e entre as suas obrigações têm um muito pouco comum na prática política de outras latitudes: a de render conta periódica sobre os resultados da sua gestão a quem elegemo-los, agregou.

Explicou que este processo que começa hoje foi precedido por um intenso trabalho preparatório das comissões eleitorais, com a participação popular em massa e a integração dos organismos e instituições nacionais, provinciais e municipais, para garantir o desempenho das autoridades eleitorais nos mais 24 mil colégios que abrirão em 12 mil e 515 circunscrições.

De acordo com a convocação às eleições gerais, divulgada em 14 de junho passado, em 22 de outubro terá lugar a primeira volta de votações para selecionar pelo termo de dois anos e meio aos delegados às assembleias municipais do Poder Popular.

Naquelas circunscrições nas que nenhum dos aspirantes obtenha mais do 50 por cento dos votos válidos emitidos efetuar-se-á uma segunda volta em 29 de outubro.

Posteriormente eleger-se-á por um período de cinco anos, aos delegados às assembleias provinciais e aos deputados ao Parlamento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s