Artistas e escritores comprometidos com o aperfeiçoamento do ensino

O Conselho Nacional da União dos Escritores e Artistas de Cuba (Uneac) realizou em 9 de novembro, no teatro do Museu das Belas Artes, seu 6º encontro, com a presença do membro do Bureau Político Miguel Diaz-Canel Bermúdez, primeiro vice-presidente dos Conselhos de Estado e Ministros; Abel Prieto Jiménez, ministro da Cultura; Ena Elsa Velázquez, ministra da Educação (Mined); e Miguel Barnet, presidente da Uneac.

O encontro centrou sua principal agenda na divulgação e discussão do trabalho da Comissão Permanente de Educação, Cultura e Sociedade. O relatório destacou os estreitos vínculos que os membros da Comissão estabeleceram com os especialistas do Mined na terceira melhoria do ensino, um processo experimental desenvolvido por esse ministério.

Acerca desse trabalho conjunto, Díaz-Canel assegurou que está sendo aberto um caminho de ligação. «Neste processo de melhoria há um resultado do trabalho conjunto entre o ministério e a Uneac. Este é um exemplo de como a sociedade civil contribui para a melhoria das políticas públicas tão importantes quanto as políticas educacionais».

«Trabalhou-se de forma inclusiva e foram feitas propostas muito interessantes», acrescentou. E enfatizou que «a visão tem sido humanista e o grande desafio agora é garantir que a cultura educacional seja externalizada em valores nas novas gerações».

«É preciso continuar aperfeiçoando esta proposta, para continuar avançando», concluiu Diaz-Canel.

Por sua parte, a ministra da Educação também se referiu ao trabalho conjunto e disse que a maior força dessa terceira melhoria «é o contributo que tivemos de personalidades, instituições e pesquisadores do país. Agora, nossa inteligência deve estar presente para conciliar todas as sugestões».

«O futuro da Pátria está em nossas instituições educacionais e para isso o professor é essencial. Se nossos professores não tiverem a preparação adequada, as prioridades que estamos desenvolvendo não chegarão aos nossos alunos».

«Nosso objetivo fundamental é a formação integral dos alunos», afirmou Velázquez.

Durante a reunião — além da leitura do relatório, lido por Helmo Hernández, presidente da Comissão — o especialista Alberto Valle, do Instituto Central das Ciências Pedagógicas, fez uma revisão das mudanças em várias disciplinas docentes; e Iván Barreto, diretor geral da Cinesoft, falou dos programas didáticos, ferramentas tecnológicas para professores e aplicações desenvolvidas nos últimos anos por essa empresa para os diferentes tipos de ensino.

Fonte: Granma

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s