Havana e os seus 498 anos, fortalezas simbólicas

Havana, 13 nov (Prensa Latina) A capital cubana cumprirá nesta semana 498 anos de fundada, com suas velhas fortalezas que constituem hoje um dos principais atrativos para viajantes que procuram se levar uma imagem gráfica da arquitetura colonial.
Fundada em 16 de novembro de 1519, Havana hoje mostra suas fortalezas coloniais com mais brilho ante os olhos de milhares de viajantes de todo mundo.

Dedicadas umas à arqueologia, como A Ponta; a feiras e visitas de turistas, como O Morro e A Cabaña, e outras à gastronomia, como A Chorrera, as fortalezas de Havana constituem ponto de visita e de atrativo inigualável para quem chegam à capital cubana.

O Castillo dos Três Santos Reis do Morro levanta-se sobre uma alta rocha à entrada da Baía. As obras duraram 40 anos, iniciadas em 1589 e terminadas em 1630.

Por demais, o Castillo da Real Força começou sua construção em 1558 e terminou 20 anos depois, em 1578, enquanto o da Ponta foi levantado num saliente, e sua obra prolongou-se durante 10 anos 1600, 30 anos dantes que O Morro.

Em tanto, o castelo de San Carlos da Cabaña começou a se construir em 1763 por ordem de Carlos III. Praça de 700 metros de longo, com um polígono de 450 metros de muralhas de belas linhas.

O Morro, como simplesmente se lhe conhece, tem forma de polígono irregular, com grossas muralhas, se eleva a 40 metros sobre o nível do mar e possui baluartes e salientes defensivos.

E como fato mais distintivo, resultou o confronto em 1762 à esquadra inglesa, que se apoderou dele e desde ali propiciou a tomada de Havana que durou 11 meses, até 6 de julho de 1763.

Sobre a fortaleza distingue-se sua torre de 10 metros, seu faro marítimo, que serviu de atalaia. Esta teve várias mudanças: ao princípio alimentado por lenha, em 1819 por azeite, em 1928 com acetileno e finalmente desde 1945 com eletricidade.

Estas fortalezas são simbólicas, representativas de outras do país como San Pedro da Rocha, na oriental cidade de Santiago de Cuba, ou a de origem francês, o Castillo de Jagua, na centro-sul cidade de Cienfuegos.

Fonte: Prensa Latina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s