Declaração do Minrex: #Cuba é um país seguro, pacífico e saudável

A Diretora-Geral, Josefina Vidal Ferreiro, da Repartição encarregada dos assuntos dos Estados Unidos no Ministério das Relações Exteriores de Cuba, ofereceu declarações à imprensa.

Na manhã de hoje, 9 de janeiro, uma audiência foi realizada na Subcomissão do hemisfério Ocidental do Comitê das Relações Exteriores do Senado, organizada pelo republicano da Florida – senador Marco Rubio e co-presidida pelo senador democrata por New Jersey – Robert Menendez, ambos os dois com um vasto recorde de trabalho contra a melhora das relações entre Cuba e os Estados Unidos, e promotores de todos os tipos de propostas legislativas e políticas que afetam os interesses dos povos cubanos e americanos, e apenas beneficiar uma minoria cada vez mais isolada que historicamente tem lucrado com a agressão a Cuba.

Partindo do seu próprio título “Ataques a diplomatas estadunidenses em Cuba”, foi evidenciado que o verdadeiro propósito desta audiência, à qual foram convocados três funcionários de alta graduação do Departamento de Estado, não era para estabelecimento da verdade, senão para impor à Força e sem qualquer evidência de uma acusação que não tenham sido capazes de demonstrar.

Ninguém se surpreende com as acusações infundadas ou com o fabrico dos senadores anti – cubanos, cuja única agenda política ao longo dos anos tem sido levar os nossos dois países a um confronto, independentemente das conseqüências. Sua total falta de escrúpulos e credibilidade é reconhecida. A grande vítima da audiência de hoje tem sido a verdade.

Para o governo cubano, são inaceitáveis as declarações irresponsáveis feitas na audiência pelo secretário adjunto para os Assuntos do Hemisfério Ocidental do Departamento de Estado, Francisco Palmieri.

O diretor dos Assuntos de Serviços Médicos do Departamento de Estado, Dr. Charles Rosenfarb, disse que existem uma infinidade de sintomas que não são atribuíveis a uma causa específica e que há uma falta de certeza sobre o agente causal. O Diretor Adjunto dos Programas Internacionais do Gabinete de Segurança Diplomática, Todd Brown, expressou que os peritos não têm podido identificar a causa nem o agressor. E, o Sr. Palmieri, reiteradamente utilizou o termo ataques. Ficou evidenciado que se trata de uma infundada acusação contra Cuba.

O Departamento de Estado não tem nenhuma evidência que lhe permita afirmar que houve ataques contra seus diplomatas em Havana, ou que Cuba possa ser responsável ou estar ciente das ações por terceiros.

Pelo contrário, meses de exaustivas pesquisas mostraram que não tem existido ataque algum.

Eu reitero, categoricamente, que o governo cubano não tem nenhuma responsabilidade com as afecções de saúde relatados por diplomatas estadunidenses. Cuba nunca tem perpetrado, nem perpetrará, não tem permitido nem permitirá que terceiros agirem contra a integridade física de diplomata qualquer sem exceção. O governo cubano está ciente das suas responsabilidades e cumpre-as de forma rigorosa.

Mais uma vez, afirmo que o inquérito realizado pelas autoridades cubanas, aos cujos resultados o Departamento de Estado e as agências especializadas dos Estados Unidos têm tido amplos e sistemáticos acesso, demonstrou que não existe qualquer evidência sobre a ocorrência dos incidentes alegados e nenhum ataque de qualquer tipo tem sido produzido.

Nada do contribuído pelo governo dos Estados Unidos ao longo deste período e, ainda hoje, aponta para a evidência que os problemas de saúde relatados por diplomatas foram originados ou causados em Cuba.

Rejeitamos a politização deste assunto e as medidas injustificadas adotadas pelo governo dos Estados Unidos, com um alto custo para nossa população, para a emigração cubana e para o povo estadunidense.

Denunciamos também a manipulação política destes fatos por parte dos elementos anti- cubanos, à procura do agravamento do clima bilateral, com o único objetivo de voltar para uma fase de confronto, com consequências negativas para ambos os países e para a região.

Cuba é um país seguro, pacífico e saudável para os cubanos, para estrangeiros, para diplomatas credenciados e para os milhões de pessoas que nos visitam todos os anos, incluindo os estadunidenses.

9 de janeiro de 2018

Fonte: CubaMinrex

Tradução: EmbaCubaBrasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s