#DíazCanel: Presidente cubano reitera prioridade do turismo para o desenvolvimento do país

Photo: Estudio Revolución

O presidente cubano, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, reiterou na sexta-feira, 29 de junho, a prioridade do turismo para o desenvolvimento do país, tendo se tornado uma das atividades que gera mais rendas para a economia da Ilha.

Descreveu como impressionante o progresso feito desde a década de 90, quando havia apenas 18 mil quartos em todo o território nacional e hoje esse número é excedido em muito.

Díaz-Canel lembrou que a ideia que gerou esse desenvolvimento foi justamente que o turismo se tornasse a locomotiva da economia cubana, fato que, mesmo com tudo o que se fez desde então, não se concretizou plenamente.

Considerou que o destino turístico de Cuba é apreciado em todo o mundo, pelo conforto de seus hotéis, a beleza das praias e paisagens, a segurança cidadã, entre outras atrações, mas é necessário continuar trabalhando nos serviços de suporte e apoio.

«Ainda são importados muitos produtos que poderiam ser produzidos no país», disse o presidente, «o que torna essa atividade mais cara. Em face do turismo, temos que desenvolver ainda mais a agricultura, as fontes de energia renováveis ​​e as novas tecnologias».

Para isso, cada entidade precisa repensar sua relação com o turismo para atender às altas demandas e necessidades da chamada indústria sem chaminés. «Agora temos uma estrada aberta, de desenvolvimento e perspectivas, com a qual não contamos quando dos anos difíceis do ‘período especial’», refletiu o presidente.

Essas declarações foram feitas pelo presidente dos Conselhos de Estado e Ministros durante a reunião da comissão governamental de estímulo e apoio ao turismo, liderada pelo ministro do setor, Manuel Marrero Cruz, que vem se reunindo há meses, com uma frequência mensal, com uma agenda dirigida a assegurar a atenção à crescente chegada de visitantes, elevar a qualidade do produto turístico cubano, substituir importações e outros assuntos.

Nesta ocasião, o ministro da Agricultura, Gustavo Rodríguez Rollero, referiu-se ao fornecimento de produtos agrícolas, para os quais vêm sendo recuperadas as estruturas das culturas protegidas em estufas e galpões e foram feitos alguns investimentos em pequenas indústrias onde se processam alguns destes alimentos.

No entanto, reconheceu que persistem insatisfações, acima de tudo, com as frutas cítricas, como laranja e toranja, que precisam ser importadas devido à deterioração causada a essas lavouras por pragas há anos.

Descreveu como bem sucedida a ligação direta implementada entre produtores agrícolas e hotéis, o que aumenta a entrega de produtos frescos, tanto agrícolas como processados.

A ministra da Indústria dos Alimentos, María del Carmen Concepción González, explicou que o amplo processo de investimento que é realizado no setor permitirá uma resposta mais oportuna e satisfará várias das demandas que atualmente têm que ser atendidas com a importação. Entre as questões que mais afetaram no ano passado o apoio ao turismo referiu as embalagens e matérias-primas.

Por sua parte, o ministro dos Transportes, Adel Yzquierdo Rodríguez, informou sobre a contribuição do seu setor, relacionado ao transporte de trabalhadores do turismo, campistas e turistas, atividades que são garantidas sem contratempos.

Do trabalho realizado nos aeroportos do país, ressaltou a diminuição do tempo de espera nos terminais aéreos e a melhoria em questões como ar condicionado, produtos alimentícios, alfândega e manuseio de bagagens, todos resultando em maior satisfação dos visitantes.

Sobre as construções que são feitas nos pólos turísticos e cidades de todo o país, o ministro da pasta, René Mesa Villafaña, enumerou uma série de hotéis que estão sendo construídos, por exemplo, em Varadero, Holguín, Trinidad e Santiago de Cuba, que avançam de acordo com o cronograma planejado e expandirão significativamente o número de quartos disponíveis na Ilha.

Ao falar acerca dos sistemas tecnológicos e insumos para o turismo, Salvador Pardo Cruz, Ministro das Indústrias, destacou o serviço de instalação e manutenção de aquecedores solares, elevadores, sistemas de água e bombeamento, além de ar condicionado central, todos de alto impacto para o conforto dos hotéis e demais edificações.

Sobre dos combustíveis e outros elementos geradores de energia e o desenvolvimento de novas fontes de energia renovável, o ministro da Energia e Mineração, Alfredo López Valdés, assegurou que a eficiência energética aumenta, sobretudo pela economia que representou a substituição de equipamentos de alto consumo. Pôs como exemplo particular a mudança por lâmpadas de LED e a instalação de aquecedores solares de água.

Jorge Luis Perdomo Di-Lella, vice-ministro das Comunicações, destacou aspectos da generalização do uso de novas tecnologias e as principais ações que são realizadas para aumentar a qualidade dos serviços.

Explicou que até hoje mais de 300 hotéis instalaram em suas áreas comuns a conexão à Internet através da tecnologia Wi-Fi, que se destina a estender-se a todo o sistema hoteleiro. Ao mesmo tempo, a conectividade das entidades que comercializam os pacotes turísticos é ampliada e foram feitos acordos com um grande grupo de operadoras de telecomunicações para o uso em Cuba de serviços de roaming ou roaming, o que permite que os visitantes mantenham ativas em nosso país suas linhas de telefone celular.

O desenvolvimento hidráulico também foi revisado durante a reunião, na qual Inés María Chapman Waugh, presidenta do Instituto Nacional dos Recursos Hidráulicos, disse que o diagnóstico dos principais problemas tornou possível identificar claramente onde a manutenção é necessária e em qual um investimento integral.

Afirmou que as instalações turísticas sistematicamente verificam o uso racional da água e implementam ações para diminuir o consumo desse recurso.

Particularmente sobre os parques de campismo, disse que têm um estudo detalhado, que inclui as projeções para cada uma das províncias. Desta forma, será possível fornecer soluções específicas que contribuam para proporcionar estabilidade no abastecimento de água. Neste ponto, ilustrou com o trabalho que está sendo realizado atualmente nos parques de campismo da costa norte da capital, onde mais de 600 metros de tubos são reabilitados.

 

Fonte: Granma

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s